Pelas palavras...

Minha foto
Não importa a visão da cidade/ E sua face atormentada dando voltas no quarteirão/ Nossos olhos erguidos além do concreto/ Vêem as copas das árvores e não espantam pássaros/ Também aprendemos a pousar na linha esticada/ Para ver o sol nascer.
Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Literatura, vida após a morte..de cada sentido que encontrou a si mesmo, em frente ao espelho do desconhecido.

sexta-feira, 4 de maio de 2012

A alma do mundo

A magia é um jardim no fundo do oceano em nós mesmos/ Instante em que a alma do mundo nos atravessa.../ O sol brilha superfície adentro/ Faz pequenos círculos que se movem na areia/ Estrelas que, antes, somente a noite podia mostrar/ Dentro da água tudo é silencioso.../ E o efeito parece-nos mais intenso/ Mas é quase como se pudesse notar.../ A respiração/ A melodia, mesmo quase que sem poder respirar...